Governo Sarney manteve estrutura de espionagem da ditadura

31 05 2010
Revelação desta semana pela imprensa comercial mostra que o governo Sarney, primeiro governo civil após 21 anos de ditadura militar, continuou espionando a esquerda.

O órgão para realizar a espionagem era, segundo reportagens, o mesmo Serviço Nacional de Informações da época da ditadura.O SNI produziu grande quantidade de relatórios e informações acerca de movimentos e partidos de esquerda já nos anos da redemocratização.

O MST, o PT e outras instâncias políticas da esquerda daqueles anos foram objeto de espionagem, que se concentrou nas eleições de 1989.

Primeiro pleito democrático após o autoritarismo, as eleições de 1989 foram vencidas por Fernando Collor de Mello, candidato preferido da elite econômica nacional.

Em 1992, foi forçado a renunciar ao cargo devido à descoberta de uma rede de corrupção montada em seu governo.

Fonte: Agência Pulsar





PROGRAMAÇÃO CULTURAL DA SEMANA

12 07 2009

por 

Fernanda de Paula

FotoRio:

13 de julho

Workshop dias 13 e 14 “Workshop de Fotografia Criativa e Vídeo Experimental”, com Gustavo Távora – coordenação Maurício Theo – ArtHosteRio Catete (Rua Silveira Martins, 135 – Catete) manhã, tarde e noite. Inscrições pelo telefone 9222-8303.

 – 14 de julho

FotoRio 2009 no OI Futuro – Seminário “Foto + Vídeo + Arte Contemporânea”  – Mesa redonda: Vídeo – Valentina Valentini, Fernando Cocchiarale e Katia Maciel, com mediação Milton Guran – Oi Futuro ( Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo) às 20h. Distribuição de senhas a partir das 19h.

 – 15 de julho

Mesa Redonda FOTO LAGE  “Fotografia: no limite entre arte e vida”, com Ricardo Beliel, João Roberto Ripper e Joaquim Marçal – mediação Simone Rodrigues – Escola de Artes Visuais do Parque Lage (Rua Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico) às 19h.

Abertura  da exposição “Nús”, fotografias de Valdir Cruz – LGC Arte Contemporânea (Rua do Rosário, 38 – Centro) às 19h.

FotoRio 2009 no OI Futuro – Seminário “Foto + Vídeo + Arte Contemporânea” – Mesa redonda: Foto – Milton Machado, André Parente e Rosângela Rennó, com  mediação de Milton Guran – Oi Futuro ( Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo) às 20h. Distribuição de senhas a partir das 19h.

 – 16 de julho

Abertura da exposição “Cuba, a Realidade de um Sonho”, fotografias de Anna Gabriela Malta,  Katherine Albuquerque e Marcos Malugani – curadoria de Luciana Monteiro e Marcelo Portella – Galeria do Convento – UCAM (Rua Primeiro de Março, 101 – Praça XV – Centro) às 19h.

FotoRio 2009 no OI Futuro – Seminário “Foto + Vídeo + Arte Contemporânea” Mesa redonda: Arte Contemporânea – Maria Iovino, Simone Rodrigues e Anna Bela Geiger – mediação Milton Guran – Oi Futuro ( Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo) às 20h. Distribuição de senhas a partir das 19h.

17 de julho

Abertura da exposição “ Rioartmosfera especial FotoRio 2009” , fotografias de Débora Setenta, Monique Cabral, Ricardo Beliel, Jérôme Souty, José Luiz Mendes, Maurício Theo, Zeka Araújo e Ghuga Távora – ArtHosteRio Catete (Rua Silveira Martins, 135 – Catete) às 19h30.

Projeto Sexta – Básica –  palestra “Suporte Físico”, com Wilson Oliveira – Trilharte (Rua Almirante Tamandaré, 77/01 Flamengo) – de 19h às 21h. Inscrições pelos telefones 2225-2426 ou 2205-0654.

 Exposições:

ÚLTIMA SEMANA:

 “Yves Saint Laurent – Viagens Extraordinárias” a exposição vai até dia 19 de julho  está em cartaz no segundo andar do CCBB, na Rua Primeiro de Março, 66, Centro, das 10h às 21h, com entrada franca. Não perca!

ESTRÉIA:

15 DE JULHO

–          Rua Larga – centro cultural Justiça Federal

–          Nus (Valdir Cruz)

16 DE JULHO

–          Robert Polidori: Fotografias- Instituto Moreira Salles

17 DE JULHO

Peru: uma viagem pelos sentidos [Fred Schiffer]– Museu Histórico do Exército e Forte de Copacabana

 VALE CONFERIR

 O LOUVRE E SEUS VISITANTES- Museu Nacional de Belas Artes

CONVERSANDO CALADO (grafite) – Galeria Movimento Arte Contemporânea ( Shopping Cassino Atlântico)

CINEMA:  ESTRÉIAS

-17 outra vez

-Casamento Silencioso

-Horas de Verão

CONCERTOS:

PROJETO MÚSICA NO MUSEU

Dia 13-Segundafeira– 12:30hs

Real Gabinete Português de Leitura

Rua Luís de Camões, 30 – Centro-  Rio de Janeiro

Músico: NICOLAS DE SOUZA BARROS (GUITARRA BARROCA)

Programa: Obras européias e latino‐americanas para guitarra barroca

dos séculos XVII ‐ XIX

Dia 14-Terçafeira-12:30hs

Igreja Santa Cruz dos Militares

Primeiro de Março, 36  Centro – Rio de Janeiro

Músico: Kristina Augustin e Mario Orlando (viola da gamba) e Eduardo Antonello (espineta)

Dia 15-Quartafeira– 12h30

Paço Imperial-Praça XV de Novembro, 48 – Centro

Capacidade: 100 lugares

Músico: Duo Schifanoia Inês d’Avena & Isabel Favilla, (flautas doce)

Dia 16 -5ª. feira 12h30

Museu Primeiro Reinado-Av. Pedro II, 293 São Cristóvão, RJ

Capacidade: 100 lugares

Músico: MÚSICA ANTIGA DA UFF Leandro Mendes; Lenora Mendes; Mario Orlando

Sônia Wegenast e Virigina van der Linden

PROGRAMA: MILAGRES DE SANTA MARIA (cantigas de Santa Maria)

Dia 17 – 6ª. Feira – 15h

Centro Cultural Justiça Federal

Av. Rio Branco, 241 ‐ Centro

Capacidade: 200 lugares.

Músico: Madrigal Cantate Deo ‐ Maestro Synval Belyrão Junior

 Dia 18 Sábado– 11h30

Museu Parque das Ruínas

Rua Murtinho Nobre, 169 ‐ Stª Tereza

Capacidade: 120 lugares

Sonatas para Violino e Cravo

Maria Aida Barroso, cravo

Marcio Sanches, violino 

TEATRO

ESTRÉIAS:

´´Exercício n. 2: formas breves´´- Teatro Tom Jobim (Jardim Botânico) sex a dom, às 20:30 R$ 40,00

REESTRÉIA:

´´MALENTENDIDO´´ – Teatro Maria Clara Machado (Planetário) qua a sab, 21h dom 20h R$ 20,00





O contador de histórias

8 07 2009

Por Fernanda de Paula

Untitled 8 O filme “O Contador de histórias”, longe da visão pessimista transmitida pela mídia, mostra que é possível mudar o grande problema social que vivemos: a violência .

A história , baseada em fatos reais, conta a vida de Roberto Carlos , morador da Febem desde os 6 anos , fugiu diversas vezes, indo morar na rua , onde roubava e  se drogava.

Considerado um garoto “perdido”, consegue mudar seu destino aos 13 anos , quando conhece uma francesa que irá ser para ele como uma mãe protetora. Hoje se tornou educador e “contador de histórias” de fama internacional.

O enredo nos faz ter uma nova percepção da realidade e acreditar que com amor e educação todas as crianças podem ter um futuro com dignidade, longe das drogas e criminalidade.

Dirigido por Luiz Villaça, recebeu o selo da Unesco e estréia dia 7 de agosto nos cinemas.





Vírus indica (meio que em cima da hora)

25 04 2009

abi-100anos-pela-liberdade1

Esse domingo (26/4) é o último dia de duas exposições bem bacanas que estão rolando no Centro Cultural da Justiça: “ABI – 100 Anos pela Liberdade” e “P.A.F. – Perfuração por Arma de Fogo”.

Também está rolando uma exposição que começou nessa quinta “A rua é nosa…É de todos nós”.

(Av. Rio Branco, 241, em frente a Cinelândia – abre de terça a domingo – de meio dia às 19h)

Saiba mais sobre as exposições.





Vídeo – midiatrix

8 11 2008




Clipes – banda “El Efecto”

25 09 2008

Abaixo seguem dois vídeos da banda El Efecto. Excelente banda, com letras fantásticas! Vale a pena conferir!

El Efecto- 3 pratos de trigo para 30 tigres tristes

Um vídeo de Clara Silveira Belato tendo como trilha sonora a música Tilt do El Efecto:






‘onzes’ de setembro

11 09 2008

11 de Setembro de 2008 – Confirmando a estúpida filosofia de enfrentamento, as forças armadas começaram às 8h de hoje pela Cidade de Deus, a ocupação Guanabara, segundo eles, “para garantir a segurança das eleições no Rio de Janeiro”. Cheiro de pólvora e tragédia anunciada. Não é preciso ser nenhum gênio para saber que a possibilidade de confrontos com morte de inocentes é tão alta quanto a brutalidade desse plano genocida que vem ocorrendo desde o final da década de 80 e início de 90 nas favelas. A diferença é que a criminalização da pobreza em que se basea essa matança tem o aval das elites e mídia grande, ao contrário do que acontecia na ditadura pós-68 em que as classes média e alta se posicionaram contra a tortura e lutaram pelo fim da ditadura. Hoje, a grande maioria da classe média e alta, no alto de sua imbecilidade, considera uma morte na favela como “um bandido em potencial a menos no mundo”.

11 de Setembro de 1973Há 35 anos, um golpe de Estado realizado pelas classes dominantes chilenas derrubou o governo da Unidade Popular, presidido por Salvador Allende. A ponta de lança do golpe foram as Forças Armadas sob a direção do general Pinochet, que teve o apoio do imperialismo, do governo dos EUA, e foi articulado e financiado pela CIA e pelas transnacionais norte-americanas. E contou também com o apoio dos governos ditatoriais latino-americanos, inclusive o Brasil, associados com o imperialismo norte-americano na “Operação Condor”. O aparelho militar-policial do Estado chileno realizou um dos maiores banhos de sangue contra um povo nas últimas décadas na América Latina

Abaixo segue o excelente filme de Ken Loach que traça um paralelo entre o 11 de setembro de 2001 com o de 1973. Muito bom! Vale a pena assistir:

11 de setembro de 2001 – Dois boeings atingem as duas torres gêmeas do World Trade Center, derrubando-as. Entretanto, muitos pesquisadores do atentado às torres gêmeas chegaram a conclusão de que as duas torres já estavam preparadas para ruir com detonadores nas fundações. Sendo o atentado uma justificativa para se declarar uma guerra a um inimigo invisível – o terrorismo – a fim de garantir reservas de petróleo. O documentário zeitgeist dividido em 4 partes abaixo explica melhor: